Analógico ou digital?

Nos últimos anos, muito tem se falado sobre a interrupção do sinal analógico. Aos poucos, as casas de milhares de brasileiros passaram a contar com um novo recurso. A transição completa para o sinal digital está próxima do fim, mas ainda existem muitas dúvidas a respeito das duas tecnologias.

Basicamente, o antigo formato analógico é composto por um sinal contínuo, que varia em função do tempo. Apresentando intervalos com valores que variam de 0 a 10, o sinal analógico oscila bastante – isso porque ele passa por todos os valores intermediários possíveis nesse intervalo numérico (0.01, 2.64, 7.13, etc.). Assim, por ter uma faixa de frequência bem maior, a qualidade dele foi tida como inferior.

Já o sinal digital, embora também apresente valores de 0 a 10, funciona com intervalos numéricos mais discretos (0,1,2,3, etc.). Isso significa que a faixa de frequência é menor e, com isso, a oscilação do sinal também! Ou seja: uma variação mais simples faz com que o sinal digital transmita imagens e sons com melhor qualidade.

Embora a transmissão digital tenha se iniciado há alguns anos, o processo efetivo da transição do analógico tem término previsto para 2018. Contudo, os clientes Century não serão afetados por esse desligamento! Então, não se preocupe! Se a sua tv não é compatível com o sinal digital, você pode adquirir um conversor digital terrestre – como o FitBox –, e combiná-lo com uma antena UHF. Ou então, você pode contar com o nosso receptor de canais digitais via satélite – como o MidiaBox HDTV –, utilizado com uma antena parabólica. Além disso, se você possui um receptor analógico Century, também não será prejudicado, porque nossos receptores captam os canais analógicos via satélite.